Deputados discordam da Rumo e devem mudar nome de ferrovia para Senador Vuolo


O deputado tucano, Wilson Santos (PSDB) chegou a dizer que quem escolheu a mudança do nome não estudou política e nem história de Mato Grosso, muito menos consultou quem faz política e tem bagagem no estado para explicar que já existe uma lei para manter o nome de Vicente Vuolo na estrada de ferro que cortará Mato Grosso.

"Deve ter algum espírito de porco que não estudou e fez essa mudança. Esse pessoal da Rumo não sei de onde caiu, chegou mudando tudo e nem nos consultou", disse Wilson, que logo apresentou dois projetos a respeito da nomeação.

O primeiro-secretário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado Eduardo Botelho (DEM) afirmou em entrevista à imprensa nesta segunda-feira (22.09), que a Casa de Leis irá, por meio de um Projeto de Lei, nominar o trecho da Ferronorte como "Ferrovia Senador Vicente Vuolo"

Segundo o deputado, a escolha do empresário Olacyr de Moraes deve ser alterada. Para os deputados, a empresa Rumo Logística S/A - responsável pela construção e exploração da 1ª Ferrovia Estadual de Mato Grosso - não poderia dar nome à ferrovia, uma obra de concessão pública, ainda que executada com recursos privados.

A opinião de Botelho também é compartilhada pelo deputado estadual Paulo Araújo(PP). "Reafirmamos compromissos políticos e seria uma grande injustiça não darmos o nome a essa ferrovia aquele que lutou tanto para que ela chegasse, principalmente aqui em Cuiabá, que é o Senador Vicente Emilio Vuolo, meu posicionamento político é que esse projeto tramite em nome de lideranças partidárias para considerar o legado do querido Vuolo, pai do Francisco Vuolo - secretário em Cuiabá - que inclusive é do meu partido.

Ele sempre pautou todos os mandatos dele em torno da ferrovia”, declarou o deputado, lembrando que em 1998 a ferrovia já havia sido nominada. Já em relação ao empresário Olacyr de Moraes, Paulo Araújo, disse que foi um grande desbravador de Mato Grosso e não vê nenhum problema colocar seu nome em algumas estações da ferrovia. “Acho que ninguém aqui coloca em xeque a liderança e o legado de Vicente Vuolo como também do Olacyr de Moraes, que foi um empresário importante para Mato Grosso, um desbravador. Acredito que vai prevalecer o bom senso e esse legado desse mato-grossense de família tradicional Vicente Vuolo e podendo dar o nome de outros trechos ao empresário que desbravou Mato Grosso”, encerrou o deputado.


Em Destaque
Notícias da Ferrovia
Search By Tags
Nenhum tag.
Follow Us
  • Facebook Classic
  • Twitter Classic
  • Google Classic