Mudança de nome da ferrovia pode ser derrubada pela Assembleia Legislativa de MT nesta quarta


Entidades de movimento de bairros prometem protestar nesta quarta-feira (29), na Assembleia Legislativa, para pressionar os deputados estaduais a derrubarem o nome de Olacyr de Moraes da primeira ferrovia estadual de Mato Grosso. Querem que a linha receba o nome de Senador Vicente Vuolo, conhecido historicamente como o principal entusiasta da chegada dos trilhos à Cuiabá.

Na Assembleia, duas propostas tramitam pedindo alteração no nome da ferrovia, a primeira proposta pelo deputado Wilson Santos (PSDB) e outra de autoria do deputado estadual Xuxu Dal Molin (PSC). Ambas denominam a ferrovia estadual de “Senador Vicente Vuolo”, confrontando com a homenagem ao agricultor Olacyr de Moraes, que seria homenageado pelo estado. O governador Mauro Mendes (DEM) disse que o novo nome foi proposto pela empresa que ganhou a concessão do trecho, mas já defendeu publicamente o nome de Olacyr para a ferrovia. O tema é polêmico e parte dos deputados prometem não aceitar o nome adotado. Filho do senador, o ex-secretário de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico de Cuiabá, Francisco Antônio Vuolo, também é um dos articuladores do movimento para manutenção do nome de seu pai na ferrovia. Segundo ele, há grande apoio entre os deputados e a sociedade em geral. Destaca que nomear uma obra pública é função da Assembleia Legislativa. “O nome dado pela empresa não tem valor legal, o nome que vale é o dado pelos deputados, já há uma lei dando o nome de Francisco Vuolo e ele será reafirmado neste novo projeto do deputado Wilson Santos”, destacou.

Em Destaque
Notícias da Ferrovia
Search By Tags
Nenhum tag.
Follow Us
  • Facebook Classic
  • Twitter Classic
  • Google Classic