Avanços para concretização da extensão da Ferrovia Senador Vicente Vuolo são apresentados em reunião


Lideranças politicas, representantes de entidades e população em geral marcaram presença na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL Cuiabá), na manhã desta segunda-feira (10.09), para discutir sobre a extensão dos trilhos da Ferrovia Senador Vicente Vuolo ligando Rondonópolis até a capital de Mato Grosso e posteriormente até a cidade Sorriso.


O presidente da CDL Cuiabá, Nelson Soares Junior, que também compõe o movimento, fez a abertura do evento e destacou a importância da concretização desta obra para o Estado como um todo. Ele também relembrou o tempo de luta para a implantação da ferrovia em Cuiabá.


“Eu cheguei aqui em Mato Grosso em 1981, onde na casa do Francisco Vuolo, tive a oportunidade de conversar com seu pai e conhecer dele esse sonho que iria trazer o progresso e o desenvolvimento para o Estado e hoje, mesmo após tanto tempo, estamos mais próximos de ver esse sonho se tornar realidade. Nesta manhã, tivemos uma boa noticia que foi a aprovação da outorga da malha paulista, o que irá facilitar para a chegada da ferrovia até Cuiabá”, disse ele, reforçando que a economia de Mato Grosso precisa desta melhoria.


Representando a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL/MT), Paulo Gasparoto, que juntamente com o senador Wellington Fagundes e o deputado federal Nilson Leitão, compuseram o dispositivo de honra, ressaltou a integração e desenvolvimento que o modal trará para o Estado, principalmente para o agronegócio. “Esse projeto ao se tornar realidade trará desenvolvimento para o comércio local, para a indústria, a qual deverá gerar emprego e renda para as famílias mato-grossenses, além disso, irá resolver um dos maiores gargalos para o agronegócio do nosso Estado, que é o escoamento, então, todos devem ser beneficiados com essa obra”, afirmou.


DOCUMENTO


Durante a reunião, um documento que será encaminhado ao Tribunal de Constas da União (TCU), Ministério do Transporte e Ministério Público foi assinado pelos membros do Fórum Pró-Ferrovia.


“Nesse documento que elaboramos estamos destacando a importância desta obra para o Estado, além de que declaramos sermos favoráveis com a prorrogação do prazo da concessão da malha ferroviária paulista, para que a empresa responsável pela obra, a Rumo Logística continue os trabalhos no local, desde que essa prorrogação esteja atrelada a construção da ferrovia ligando Rondonópolis a Cuiabá”, explicou o presidente do Fórum, Francisco Vuolo.


Representantes da empresa Rumo Logística S.A. também estiveram presentes na reunião. Na oportunidade, um dos diretores da concessionária, Guilherme Penin, fez a apresentação do cronograma de ações para expansão dos trilhos da ferrovia, destacando principalmente a viabilidade econômica do modal para a capital.


Em Destaque
Notícias da Ferrovia
Search By Tags
Nenhum tag.
Follow Us
  • Facebook Classic
  • Twitter Classic
  • Google Classic